28 de dez de 2009

Um brinde a 2010!

Nós, que chegamos até aqui e olhamos agora para um 2009 brasileiro com 65 milhões de conectados, não podemos esperar outra coisa senão muito trabalho e realizações digitais neste novo ciclo e, que venha novos e crescentes desafios porque, como todo ano o próprio Rei afirma, de fato "são muitas emoções"...então, SOBERBO ANO NOVO PARA NÓS ! :)

20 de dez de 2009

E por falar em Cores...

Vale a visita no novo site das tintas Coral que também elegeu sua "cor do ano" como Céu Californiano, sendo um "...tom de azul claro e otimista que simboliza horizontes infinitos, novos começos, energia renovada e dinamismo positivo." E não está ótimo!? Na dúvida fico também com a Turquesa da Pantone...:)














O site brasileiro é muito bonito e ainda apresenta pesquisa e referência iconográfica de cores que servem não só para paredes de tijolos, mas também se você for levantar alguma em pixels, pode passar por ali para se inspirar nos profissionais renomados da Coral.

11 de dez de 2009

Pantone apresenta sua "Cor do Ano 2010"

Saiu nesta semana no site da Pantone: A cor de 2010 é o Turquesa! De acordo com Leatrice Eiseman, Diretora Executiva da Pantone Color Institute®, esta fantátisca matiz "é reconhecida como um talismã de proteção, uma cor de profunda compaixão e cura, e uma cor de fé e verdade, inspirada pela água e pelo céu. Durante anos de pesquisa nós descobrimos que a Turquesa representa uma saída para muitas pessoas em rumo a um paraíso tropical que é prazeiroso e convidativo, mesmo em fantasia". Assim acredito ! :)

Mais sobre a gema da Turquesa aqui no wikipedia.

19 de nov de 2009

Audiovisual Total? Ok!

Quando acessei na semana passada o site "The 711 Club", cotado day no TheFWA , fiquei com os olhos estatelados durante pelo menos 5 ininterruptos minutos, interagindo com os personagens e para formar uma "reputação online" que me permitisse...bem, vc já acessou? Veja lá qual a missão :) e, qual o produto ofertado pelo site.













Mas, incrível é pouco, falar sobre a dinâmica interativa é uma experiência que abusa do vídeo na web e sua linguagem dialética, aliada a um design de interfaces ergonomicamente super bem planejado pela The SuperGroup Omnimedia. Congratulations guys! Aí está a vanguarda da web empurrando os sites no modelo "foto + texto" para o teto do mundo.

23 de out de 2009

A Web na Noite Paulistana : Geni Club

Neste post troquei algumas boas idéias com meu amigo Max Leonardo (foto abaixo), Diretor de Planejamento da Triarts New Media, que atende importantes marcas como Mash, Grazie a Dio!, Agnaldo Rayol, Oncoprod, LG, Melissa e outras.










Seu mais recente trabalho para web acaba de ser inaugurado e reforça o posicionamento on-line do Geni Club, o famoso casarão vermelho e cor-de rosa (foto abaixo) na rua Bela Cintra em São Paulo, que ostenta também um cardápio etílico/musical bem interessante.



>> Max, me diga uma coisa: Após 8 anos planejando e executando importantes trabalhos na web, como tem sido este aprendizado e oq vc espera para os próximos anos?

Após 8 anos eu percebo que as mudanças ocorridas na web foram sem dúvida as mais dinâmicas se comparadas a qualquer outra mídia. Há 8 anos atras um website era puramente institucional, revelando a marca e seus produtos. Hoje a relação com a mídia social, os aplicativos e a maneira que o empresário percebe a internet é muito mais profissional e exigente. Eu enxergo a web como a ferramenta certa para cada negócio, seja para uma casa noturna ou uma indútria. As soluções estão aí ao alcance de todos.


>> Falando sobre o website do Geni Club, conta como foi o processo de redesign e a direção de arte que, pelo que pude notar, trabalha uma multimídia com estilo art deco, certo?

O Geni Club faz parte de um cenário da Augusta que foi revitalizado nos últimos anos, com um público jovem A B. A tendência visual da casa foi traçada por 8 renomados arquitetos, desta forma tivemos muita referência para criar. Acho que conseguimos mostrar um pouco o estilo da casa com o novo website (screen abaixo).



















>> Para encerrar, sei que a Triarts também trabalha com 3D e outras soluções interessantes, quais são elas e como se encaixam para a web?

Há quatro anos pesquisamos e desenvolvemos técnicas ligadas à estereoscopia, desenvolvemos alguns produtos e em sua maioria criamos uma roupagem moderna para efeitos antigos como o anaglifo (3D com óculos) e o estereoscópio. A utilização das técnicas através do monitor é perfeita pois a luz otimiza o resultado. Desta forma é lúdico e moderno usar as técnicas na web. O mercado publicitário procura e gosta destas soluções. Acabamos de lançar um vídeo viral cromático para a LG e muitas boas novidades estão chegando!

24 de set de 2009

Para entender a Internet

Gostaria de compartilhar com vocês um excelente material que li recentemente e me chamou a atenção pelo método como foi formulado. Este beta-livro chamado "Para Entender a Internet - Noções, práticas e desafios da comunicação em rede", organizado por Juliano Spyer (Conectado, Jorge Zahar Editor), reúne textos originais de ativistas, acadêmicos e profissionais que estão ajudando a inventar/moldar a cultura da Web no Brasil. Boa leitura 8)

15 de set de 2009

A era Pré-Web brasileira, com Alexandre Wollner

Capítulo fundamental na história do design brasileiro em sua formação e evolução até hoje, onde o lápis pretende ser substituído por bits, Alexandre Wollner (foto abaixo) construiu sua reputação em meio à Escola de Ulm, à arte concreta brasileira e a valorização racional de inúmeros projetos fundamentais e de grande escala que acabaram por elevar o valor do design e, assim, ser verdadeiramente melhor entendido por empresas e sociedade.

















Abaixo disponibilizo para seu deleite uma magnífica produção dirigida por Gustavo Moura e coordenado por André Stolarski, com patrocínio da Petrobrás, onde esse grande mestre fala sobre seu cotidiano, desafios e visões sobre a profissão.

Nosso quadro de pintura, ou melhor, prancheta, ou mais precisamente chamada como Monitor também pode ser formatado por um grid técnico que respeita as limitações de seu meio e trabalhado por diferentes formatos. No próximo post ;)

31 de ago de 2009

Escalas Pantone e a Cor do Ano

Você muito provavelmente, que trabalha com mídia impressa ou principalmente digital, já deve ter pego com suas próprias mãos uma maravilhosa escala Pantone Digital Color Guide como a abaixo:


















A praticidade de se escolher uma cor inicial "na mão", folheando por este universo mágico, com o passar do tempo, é uma prática talvez até mais interessante do que se manter o tempo todo no digital. Além disto, vc pode levá-la ao seu cliente e já obter uma intenção visual assertiva para a paleta de seu próximo projeto.

Eu particularmente me inspiro e obtenho suporte de tecnologia e até tendências cromáticas direto da fonte, e já que 2009 está praticamente encontrando sua "deadline", ainda dá tempo:

PANTONE 14-0848 Mimosa / Mimosa Transmite Esperança e Tranqüilidade em um Clima de Mudança

16 de ago de 2009

File 2009 - Symposium e Instalações

E lá fomos nós, eu (abaixo) e meu companheiro de pesquisas eletrônicas, jornalista, DJ e não menos que isso, reportér fotográfico tarimbado Leandro Godoi, para mais uma aventura na área do conhecimento digital. Nesse campo a comunicação em rede por artefatos...no mínimo curiosos...ouviu e falou bem alto.















Novas formas de pensar, projetar e disponibilizar conteúdo em rede onde estética vanguardista e interação sensitiva foram KING, para mim e outros que vi fazerem careta lá por estas 03 magníficas obras:

@@ Complexidade Organizada - Luis Felipe Carli, BRASIL

Interação pelo toque dos dedos em uma tela sensitiva, achei fantástica a composição visual dinâmica orgânica multicolorida, realmente me pareceu "viva". Este trabalho também foi discutido/apresentado no Symposium na sexta/31/08 às 15H30 pelo Luis (foto abaixo), e foi muito interessante também conhecer mais sobre sua pesquisa.







@@ Protomembrana - Marcel-Lí Antúnez Roca, ESPANHA

Fazia tempo que não ria tanto com um brinquedo destes! Se vc não foi ainda, não perca a oportunidade de tirar uma foto com outra pessoa e ver oq acontece! Destaque para a conexão de foto com filme pré-produzido.





@@ Autorathy - Ricardo Nascimento, ÁUSTRIA

De todos os trabalhos interativos, conceitualmente, este me chamou muito a atenção. Não só pela integração escalável entre voz e vídeo, mas pela simbologia de poder embutida na relação entre decibéis. Como funciona? Basicamente, quanto mais alto vc fala, menor fica o policial. E não é só isso.














Fora das instalações e ainda no Symposium, foi um prazer ouvir a Milena Szafir (foto abaixo) falar sobre o "Manifesto 21.tv" e suas possibilidades de acessibilidade criativa às massas.

26 de jul de 2009

Burle Marx : A Permanência do Instável

Neste domingo fui conferir a belíssima mostra (fotos abaixo) "Roberto Burle Marx 100 anos: a permanência do instável", no MAM/SP, com curadoria de Lauro Cavalcanti, que vai até 13 de setembro/2009.















Mais do que uma gigantesca aula de arte brasileira, temos um artista multifacetado que se dedicou (com sucesso) a inúmeras atividades como desenho, pintura, gravura, design de jóias, tapeçaria e botânica, muitas vezes com forte engajamento político a favor da preservação do meio ambiente.
















Sim, e vc agora pergunta: Oq isso tudo tem a ver com direção de arte para web? Eu te digo: quase tudo. Revisitar o passado, ver outras formas de se perceber a arte, conhecer melhor seus artistas nativos, pesquisar sobre o Brasil e prestigiar os eventos de arte são, no mínimo, outras maneiras de alimentar nossa fome de idéias, de retroalimentar seu potencial criativo e entender que, seja qual suporte for...sempre haverá manifestação.

E vamos nós...estou ansioso pelo FILE, quero comentar algo aqui em breve ;) E vc, oq pensa?

22 de jul de 2009

Wazzup em Cyber Cannes?????

Ignite your Creativity! Essa foi a "frase de ordem" em Cannes este ano, e sem dúvida, parece ter sido mais difícil ganhar. No problem, this is life! Quero mostrar o brilhante trabalho da DDB BRASIL que emplacou um Bronze com a peça "JUMP HIGHER, FEEL BETTER" para a COMPANHIA ATHLETICA, uma das melhores academias do Brasil.

Além da idéia estupenda, aquela que mexe com a tua boca, com teu ego, te faz tocar e espalhar; temos uma D.A. pautada no mundo real audiovisual com pitadas metafóricas - oq é sem dúvida uma grande sacada, em tempos de youtube x televisão convencional.

Em tempo: O número de pessoas com acesso à internet no Brasil ultrapassou a barreira de 40 MILHÕES, vide IBOPE-NetRatings :)

File 2009

A nata da vanguarda entre arte + eletrônica agora em São Paulo, comemorando 10 anos de atividades ininterruptas! Programação aqui. Altamente recomendado para amantes de interfaces convergentes e instalações curiosas.

Confira lá o trabalho "Stickerlog - um registro da história, produção e disseminação dos stickers", trabalho premiado de Design Digital pela Univ. Anhembi-Morumbi em 2008.

3 de jul de 2009

Wazzup em Cyber Cannes?

Já temos o suco dos melhores trabalhos na web, parabéns à SUN MRM, ALMAP BBDO, DDB BRASIL, OGILVY e FISCHER AMERICA que conseguiram emplacar ótimos trabalhos e representar o Brasil neste mundo que, cada vez mais, é digital. No próximo post quero compartilhar oq achei bacana dos winners brazucas. Fui ;)

2 de jul de 2009

Arte Minimal ou Minimalismo? Voltando...

Se o design sempre estreitou com a arte e soube relacionar características e funções dos principais movimentos como uma intrínseca necessidade evolutiva, então para nós profissionais, discutir as semelhanças conceituais acaba, no mínimo, sendo um exercício interessante quando pontos em comum são nitidamente encontrados. Vejamos nas obras de importantes artistas americanos da arte minimal como...

] Donald Judd / Untitled - 1979














] Carl Andre / Equivalent VIII - 1966



















] Sol LeWitt / Cubic-Modular Wall Structure, Black - 1966



















O que estes trabalhos tem em comum? Cada um é uma composição tridimensional relativamente simples: todos são baseados num formato quadrado, cúbico ou retangular. Notamos o monocromático, o cartesiano, é direto, se integra facilmente com seu redor, há um respiro enorme em volta, se instalam, nenhum destes trabalhos está emoldurado ou manipulados para parecer algo que não são, há também uma percepção de ausência de vida, ou "frieza", além de uma repetição de “caracteres” que se conjugam e formam uma nova unidade maior, um parágrafo ou um capítulo inteiro, metaforicamente falando...agora nas interfaces de duas agências de design, vejamos:

] Postmachina / Amsterdam










] Sisson Studio / Brasil











Reduzindo a carga de informação visual adicional e focando na objetividade material do conteúdo, podemos encontrar uma relação. Ou não? Mais exemplos aqui :)

29 de jun de 2009

Entrevista com Amanda Sanchez, D.A. da Grass Roots Brasil

Neste intervalo troquei algumas boas idéias com minha colega de profissão Amanda Sanchez, que é bacharel em Design de Interfaces pela PUC-SP, atua há cinco anos no mercado de comunicação digital e gráfica e atualmente D.A. da Grass Roots Brasil, criando campanhas nacionais e internacionais para grandes clientes.

[] Amanda, conta como é seu cotidiano profissional e quais são os principais desafios que sua direção de arte enfrenta? Você poderia comentar e mostrar algum trabalho seu para a web que achou interessante o caminho e o resultado final?


Em 5 anos que trabalho com design já vi muita coisa legal, tanto na internet, quanto na mídia impressa. A dinâmica de conhecimento de branding, mercado e o relacionamento que uma agência proporciona é imensa.

A cada cliente desenvolvo um novo projeto em uma nova área, com conceitos e identidades visuais completamente diferentes uns dos outros. Entrar em cada um desses universos é uma experiência interessante e nova.

Nesse tempo, já trabalhei com marcas de bebidas (Sagatiba, Diageo... ), tecnologia/hardware/software (Microsoft, Lenovo, HP... ), telefonia (BlackBerry, Telefônica...) e instituições financeiras (ABN Amro Bank, Finasa...).

Todos eles tiveram aspectos interessantes durante o processo, seja por ter sido um projeto global (ABN Amro Bank - para mais de 70 países), por ter incentivado e motivado as pessoas a melhorarem as suas performances (Microsoft Unique) ou por ajudar o meio ambiente e a sociedade (ECO Lenovo e Espaço BlackBerry).

[] O que vc pensa sobre a explosão da comunicação on-line focada no relacionamento coletivo?

A internet sempre esteve aí para compartilharmos informações. Os próprios blogs já existiam antes mesmo de se chamarem blogs, além dos famosos ICQ, mirc e afins.

Vejo que atualmente, as formas de se comunicar e relacionar, assim como as ferramentas web que permitem isso, evoluíram. Vemos o Orkut, Facebook e Twitter disparados em estatísticas de acessos. Muita gente foi atraída para a web por conta desses sites de relacionamento e, para muitos, infelizmente, esta ainda é sua única utilidade.

Paralelamente ao fator amigável dessas ferramentas, existem as condições mais favoráveis para o acesso à internet em qualquer lugar. Existem lan houses para quem não tem condições de acesso em casa!

Hoje vemos acontecer uma revolução via Twitter! Acredito que a grande diferença da internet, bem como da aceitação das redes sociais, está no modo como as pessoas passaram a ver a internet e qual sua importância em suas vidas. Além das linhas de códigos e layouts atraentes, estão as pessoas que os acessam... Elas sim fazem a diferença, o fracasso ou sucesso de qualquer coisa.

[] E para encerrarmos com chave de ouro...?

Cada projeto é um filho que nasce. E é necessário gerar, cuidar, criar e ver crescer. Certamente no meio do caminho pode acontecer algo que tem que ser melhorado ou cuidado com mais atenção. E é neste momento em que ocorre um grande aprendizado.

Acredito que o maior aprendizado - mais do que livros, escolas, gurus do design ou qualquer outra coisa - está na hora em que ouvimos uma crítica e sabemos levá-la para o lado construtivo; sabemos que não é só a NOSSA (designers) opinião que conta; e, principalmente, que ninguém sabe tudo sobre tudo - é necessário estarmos sempre nos reciclando e descobrindo novos caminhos.

Ah, e conheçam meu portfólio aqui e aqui também.

26 de jun de 2009

Arte Minimal ou Minimalismo?

É comum ouvirmos e até comentarmos sobre determinado site ser "clean"ou minimalista, com poucas cores e imagens, predominância de "ar" e conteúdo textual como elemento principal. Isso é pensar e ser mínimo? Além disso, qual a real aderência com o estilo de arte nascido nos Estados Unidos em meados dos anos 50 e que ganhou um capítulo exclusivo na História da Arte? Semana que vem ;)

23 de jun de 2009

Além do lugar comum, de fato

Gostaria de comentar sobre outro exemplo de site editorial, que além de trazer o desafio de reposicionar conteúdo impresso para a web (oq não é uma missão das mais fáceis se considerarmos a transição digital do tudo que conhecíamos como tradicional), podemos pensar que a interface tem uma responsabilidade também "artística" de gerar atração, curiosidade e se tudo correr bem, a consequente compra/assinatura do produto.

Este caso é um redesign experimental da revista Corpo a Corpo, umas das mais importantes no segmento nacional com foco à mulher moderna. Note como nossos novos monitores wide possibilitam ampliar uma direção de arte escalável:



E agora uma interessante aplicação visual que amplia a percepção do produto através do uso conceitual...



Para elevar a direção de arte além do lugar comum, é preciso exercer o olhar crítico em busca de novos espaços e formatos, constantemente.

E você, gostaria de apresentar algum link ou idéia interessante sobre?

18 de jun de 2009

Além do lugar comum

Semana que vem mostrarei um exemplo de redesign que impulsiona a arte para além do lugar comum destinado ao conteúdo e, 1- como ela pode construir ambiência favorecendo a marca, e 2- consequentemente e inconscientemente, aumentando o desejo de Ter.

15 de jun de 2009

Maxim Brasil

MAXIM, sucesso mundial presente em 32 países e editada em 26 idiomas (no Brasil pela Escala), é uma combinação peculiar de jornalismo com humor irreverente, abordando os assuntos que um homem gosta e precisa saber. Recomendo não só pelo conteúdo interessante, mas pela direção de arte editorial que é complexa, favorecendo a rápida leitura através de um grafismo bem marcante.



Mais do que conectar arte a conceito, a direção deve guiar para algo usável, assertivo e que seja viável sua implementação futura pela equipe técnica. O exemplo neste caso fica por conta da integração swf e html na home, onde em um mesmo espaço óptico temos os principais destaques da edição corrente com um apelo fotográfico e transições vetoriais do logotipo, acoplado ao menu principal, também já grudado com a capa atual e seu convite animado para assinatura que, embora seja apenas um botão, traz a genética da revista.



O site você confere aqui ;)

11 de jun de 2009

Sobre o termo Direção de Arte Web

Antes de mais nada, quero agradecer você por estar aqui, a teoria e a prática da escrita devem ter um propósito, e alguém para ler! De fato, escrever sobre esta área nova é um desafio, a web brasileira amadureceu, as empresas usam-na e as pessoas também, e muito. Falando sobre a arte, acredito que falta ainda um bocado de incentivos para alcançar o maior público. Exemplo? Ainda hoje tenho alguma dificuldade de entender porque o MASP/SP não abre 24 horas/dia 365 dias/ano, e de graça. Oq vc acha? deveria? Ou talvez mais, um MASP em cada bairro? Bom, essa é minha sincera opinião...considerando os tributos e os impostos...mas! voltando...sem desfoque...qual o real papel da arte, como ela se posiciona, aparece, complementa, impulsiona vendas e sua intersecção com o web design? Lá vamos nós...quero sua opinião!

7 de jun de 2009

Terminando configs...

...e os últimos detalhes do layout...paciência! primeiro post: direção de arte para a revista Maxim Brasil agora em 15/06/2009. Quero que vc participe também, link na lateral direita para seguir ;)