3 de mai de 2011

O luxo na web - Armani

Armani Jeans - "The Room"
produzido por
Kirshenbaum Bond Senecal & Partners



Ganhou o Webby Awards 2010 na categoria BEST VISUAL DESIGN - AESTHETIC, além de outros importantes prêmios na web, que valorizam a complexidade conceitual aliada à ergonomia navegacional, proporcionando uma experiência única de marca na aproximação digital.



Comecei minha navegação convidando Megan Fox à uma situação de quarto de hotel, e a partir daí temos um misto de conforto (vídeo) com curiosidade (onde temos interação?). Detalhe para DA monocromática, dando o clima "forma".



Inusitadamente, parece que minha presença foi contestada. Agora entra o instito animal! Procurar, sentir o cheiro por ali, aguçar os sentidos, onde temos novidade?



A sacada não é novidade, temos games da década de 80 com navegação em primeira pessoa, mas fica como pedra fundamental a imensa energia empregada em uma navegação rica e complexa, que procura um diálogo com o interator que adora design e marcas que valorizam a perfeição.

Veja você mesmo oq está por trás disto tudo, construa um caminho e veja o e-commerce por um lado mais interessante.

8 de mar de 2011

O Luxo na Web - Prada

Alô alô skindô ô ô...:)

Depois desta imensa viagem iconográfica multiculturalcolorida pelos desfiles das escolas de samba paulistanas e cariocas, que infelizmente desta vez vi pela "tv", me vale a pena continuar a pesquisar como a moda influencia a vida das pessoas, especialmente as condenadas que, como eu, estão vivendo mais neste universo binário chamado "internet", e que precisam de impulsos diferentes para manter a criatividade em perspectiva.

A Prada é mais uma representante italiana, sem dúvida, das marcas que impuseram suas pretensões de luxo e décadas de pesquisas apuradas em busca de tendências exclusivas, que se iniciaram com o couro. Abaixo, a flagship de Milão e em seguida, direção de arte aplicada a uma campanha de óculos. Vale o filme "O diabo veste Prada", fantástico.





Em seu site (imagem abaixo) que se inicia pela interface abaixo, temos um seletor de idiomas e uma bela imagem que traz dinamismo e repetição visual tanto pelas listras de fundo, como na modelo, como nas divisões do menu global, que possue uma enorme arquitetura de informação embutida, e agrupada pelas seguintes macros: Collection / Projects / Fragrances / Events / Store Locator / Prada Book / Fondazione Prada / Register. Olhando por cima, fica fácil imaginar qual o conteúdo de maior valor?



Selecionando a versão inglesa (imagem abaixo), temos um nítido excesso de ouro, cremes, cinza e uma amostra arquitetônica sobre o valor do espaço físico onde a marca desfila e, principalmente, o traço facial de quem desfila (imagem mais abaixo).






Em cada momento temos uma variação de fundo e principalmente uma abordagem de multimídia que valoriza o poder emocional pelo som atmosférico.

Volto no próximo post contando bastante sobre minha marca preferida, não só pelos produtos em si mas principalmente pela pesquisa de design aplicada.

Arrivederci! Armani!

5 de fev de 2011

O Luxo na Web - Chanel

Outra marca internacional do luxo que merece uma pesquisa de navegação é a Chanel, que logo na primeira interface oferece uma perspectiva de arquitetura e decoração em escala de cinza, aproximando o interator à presença física em forma de vídeo rgb (veja abaixo). Mas, qual o significado? porque o não-colorido? será uma atitude menos "fun" de se observar o mundo?



Se para você também a palavra "luxo" significar "o necessário para ser feliz", então o pluralismo retirado desta direção de arte traz um enfoque maior ao que de fato a marca representa: forma e contraste.

Considerando então o panorama preto, logotipo negativo no rodapé como objeto simbólico visual, rótulos do menu em CAIXA ALTA, é interessante sentir como o poder da marca subjulga o flutuar de seu ponteiro pela interface: por mais que você tente se manter voando, há uma força magnética que te puxa ao chão. Humm, isto é sério, isto é maduro, é algo então entre o minimalismo e wall street?



Uma ergonomia aplicada com o objetivo de proporcionar o mínimo de esforço navegacional, somado à amplitude audiovisual que maximiza o convite de se "estar ali", ali no desfile, ali dentro da loja, com pessoas interessantes e onde o design é levado muito a sério, em seus mínimos detalhes.



Lendo a história da Chanel, não é complicado entender porque eles se condicionaram à busca pela perfeição, que está brilhantemente representada em sua presença on-line.

8 de jan de 2011

O Luxo na Web - Gucci

Mas...por que não?

Quando nós, seres sensíveis, meros mortais, paramos em frente à uma vitrini da Gucci, é inevitável o estatelar de olhos, a não-indiferença, e a primeira exclamação: "Nossa, deve ser bem carinho...". Mas o fundamental é entender a simbologia, oq está por trás disto tudo, como o mercado do luxo se move e, como sua presença na web pode ser aderente e complementar ao respirar.




Acompanhando sua história no mundo da moda, tudo começou em 1921, quando Guccio Gucci inaugurou uma empresa de produtos de couro e pequenas malas, em sua nativa Florença, atendendo principalmente a alta burguesia apaixonada por cavalos e seu estilo de vida relacionado como hóquei, polo, caça e similares . Na metade dos anos 60, seu logotipo foi redesenhado como o hoje conhecemos: o legendário duplo G interligado, criando assim uma chique e simbólica insígnia.

Seus produtos se transformaram em ícones, reforçando o conceito da marca: exclusividade, qualidade, fabricado na Itália, produtos artesanais italianos, e autoridade fashion.



Partindo destes incontáveis e notáveis elementos de sua história, fica mais interessante analisar arquitetura de informação e direção de arte trabalhadas em sua presença digital, como vemos abaixo nas interfaces de entrada e de produtos da linha masculina de seu atual website.





Tons de ouro e chocolate, texturas de madeira e couro, iluminação difusa radial focada e uma paleta cromática fosca que varia entre a prata e o chumbo compõe o espírito digital durante toda sua delicada navegação, composta por pequenas fontes de hiperlinks textuais, navegação em hmtl muita rápida, ergonômica e eficiente, imagens excepcionalmente tratadas em todos os detalhes, vídeos de desfiles e modelos em seus looks definitivos.

Para quem se apresenta profissionalmente na cena web ou para todos que se interessam pela história das grandes marcas mundiais, vale a pena principalmente sua visita em uma de suas lojas aqui no Brasil, veja, sinta um grande ícone do design italiano com seus próprios olhos.

Grazie e arrivederci prossimo!!