7 de jan de 2010

Abraham Palatnik e os fundamentos da hipermídia

Aos amantes da arte eletrônica como este que vos escrever, recomendo de todo o coração sua visita à exposição "Ocupação Palatnik", no Itaú Cultural em São Paulo. Pioneiro da arte cinética, o brasileiro filho de judeus Abraham Palatnik apresenta 21 obras que se mexem em engrenagens mecânicas e percorrem sua carreira desde 1940, época em que o mundo avançado já respirava o concretismo alemão.






















Principalmente em seus "objetos cinéticos" podemos encontrar, bem ali, a semente do que vemos hoje na web: a arte viva no tempo-espaço dinâmico, pedindo a participação do antigo espectador passivo em busca de uma conexão poética entre o real e o virtual. O design, a tecnologia, o movimento, as formas distintas e coloridas, o áudio, intertextualidade, hibridismo, coletivo se amalgamam e constroem um diferente nível de percepção artística.















Lavoisier em uma bela noite inspiradora, em algum bar com seus amigos, disse que "Na Natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma"...pois acredito tanto nestas sábias palavras que digo: Salve Palatnik! o (um) precursor da hipermídia.

5 de jan de 2010

Feliz 2010 com ROI para você!

Salve salve! Mas nem chegou janeiro e vc já pensa no Carnaval? :)

Ah ok, entendi, concordo com você...claro que não, antes de merecermos mais esta bonificação sagrada vamos ao que interessa efetivamente: novos e aspirantes projetos web, da assinatura, suor, passando pelo din din e chegando no Veuve Clicquot em coletivo.

Mas...e o ROI? Vc viu ele por aí, na praia ou manifestando interesse em participar deste "acometimento" glorificado? Bom... o "difícil de aplicar e fácil de entender" Return of Investment é mais do que apreciado por quem compra, e menos prometido profissionalmente por quem apresenta. Certo?

Sejamos sinceros...antes da criação, da arte, do html, do mysql, do flash e toda a grande família aí já embutida, o webmarketing com ROI é fator fundamental de um projeto sério e compromissado com o desenvolvimento em real parceria com o cliente.

Vamos falar, e comentar (por favor!) no próximo post, porque a web e sua direção de arte... em meu humilde blog... simplesmente, precisa de você! ;)